sexta-feira, 29 de junho de 2012

Como fazer a papinha do bebê

A pediatra do meu bebê liberou os suquinhos quando ele estava com 5 meses. Começamos com o suco de laranja lima no intervalo entre as mamadas da manhã, mas o Bernardo não aceitava de jeito nenhum e cuspia tudinho! veja o meu relato aqui. Isso é uma coisa que devemos ter em mente quando passamos da amamentação exclusiva para os sucos e papinhas: nosso bebê passou a vidinha dele toda tomando só leitinho e de repente passa a ter vários outros sabores na sua boquinha... Não é mole não! ;)
Hoje, o Bernardo está com 6 meses e meio. Passamos por muitas dificuldades com os alimentos, mas a cada dia fica melhor. 
Há uma semana ele está jantando. A pediatra indicou que a janta fosse a mesma comidinha do almoço. Então, preparo o almoço dobrado e guardo a metade num potinho de vidro na geladeira para ele comer à noite. Às vezes ainda é dificil fazê-lo comer tudinho... Mas, aos pouquinhos, com muita paciência e amor, vai. Uma coisa que aprendi é que não devemos forçar o bebê a comer. A situação só piora...
Abaixo, veja como eu faço a papinha salgada:

Como fazer a papinha do bebê

Coloque em uma panela: 1/4 de uma cebola pequena picadinha e meio dente de alho (depois você vai tirar o alho, pois é só para dar um gostinho)
Refogue os temperos em um fiozinho de azeite de oliva (é um óleo saudável)
Junte a carne picadinha (cerca de 50g de músculo ou peito de frango) e refogue.
Adicione 300ml de água filtrada e deixe cozinhar um pouco (20min.).
Retire o alho (caso seja a primeira semana de papinha, retire também a carne).
Coloque o restante dos ingredientes de acordo com os grupos alimentares: um carboidrato, um legume e uma verdura, pois a proteína (carne) já foi colocada.
Deixe cozinhar até que tudo fique bem molinho e passe por uma peneira (não use o liquidificador para não atrapalhar a mastigação do seu filho). A papinha deve ficar com uma consistência semelhante ao pirão.
Tempere com uma pitadinha de sal ( o sal é dispensável) e um fiozinho de azeite de oliva.


DICAS:

Grupos Alimentares:
   1) Alimentos construtores (proteínas):  carne de boi, de frango ou peixe. As leguminosas (ervilha, lentilha ou grão-de-bico) entram nesse grupo, e podem ser incluídas nas receitas, junto com uma das carnes, mais tarde, quando o pediatra liberar. 
      2) Alimentos energéticos (carboidratos): arroz, batata, mandioquinha, cará, batata-doce, mandioca, macarrão, aveia, fubá.
      3) Alimentos reguladores (legumes e verduras - utilize um legume e uma verdura):  agrião, alface, almeirão, abóbora, brócolis, beterraba, cenoura, espinafre, couve, escarola, repolho, chuchu, abobrinha, vagem, couve-flor, mostarda, repolho.

  • Confira a temperatura, colocando um pouquinho da papinha no seu pulso.
  • Introduza a primeira papinha no horário entre 11 e 12 horas e tente manter a rotina. Inicie com uma colher de sopa no primeiro dia e vá aumentado gradativamente. Quando o bebê estiver aceitando bem,dê o quanto ele quiser e em seguida uma fruta fresca como sobremesa (banana, mamão, pêra ou maçã). Não dê líquidos após as refeições, pois isso prejudica a digestão, com exceção do leite nas primeiras duas semanas.
  • Após 15 dias de introdução de alimentos sólidos, quando seu bebê já estiver comendo melhor, pare de dar o leite após a comida, pois ele atrapalha a absorção de ferro. Nesse período, passe a não retirar a carne da papinha, mas passe-a por um processador e misture ao resto da papinha que foi passada pela peneira.
  • Ovos, feijão e peixe só devem ser oferecidos ao bebê com a orientação de um pediatra.
  • Para higienizar os legumes e as frutas, você pode usar 1 colher de sopa de água sanitária (tenha certeza de que na embalagem não tenha nada escrito sobre não poder ser utilizada na higienização de alimentos) para cada 1 litro de água. Deixe as frutas e os legumes submersos por 10min. e lave-os em água corrente.
  • Higienize bem as suas mãos e os utensílios antes de preparar a papinha (eu preferi comprar uma panelinha e uma colher de pau somente para usar na papinha do Bê).
  • Dê preferência a panelas de ferro ou vidro que não soltam substâncias prejudiciais à saúde ao serem aquecidas.
  • O esquema de introdução de alimentos fica assim: Primeira semana - suco de laranja lima / Depois de uma semana oferecendo suco, ofereça frutinhas raspadas ou amassadas (maçã, pera, banana ou mamão) e outros sucos / Duas semanas depois de estar dando fruta, inicie o almoço (por volta das 11-12h) / Após duas semanas de almoço, inicie o jantar (por volta das 18-18:30h). Essa foi a orientação da pediatra do Bê.
  • Após introduzir as papas salgadas à alimentação do seu filho, passe a oferecer água (filtrada e fervida ou água mineral).



Tabela dos marcos de desenvolvimento do bebê: 7 a 12 meses

Tabela dos marcos do desenvolvimento: 7 a 12 meses

O que esperar do seu bebê nessa fase. 

Idade da criançaHabilidades desenvolvidas
(a maioria das crianças já faz)
Habilidades em desenvolvimento
(metade das crianças faz)
Habilidades avançadas
(algumas crianças conseguem fazer)
Sete meses• Senta sem apoio
• Puxa coisas em sua direção
• Imita sons da fala
• Combina sílabas em sons que parecem palavras
• Começa aengatinhar ou se arrastar
• Fica de pé segurando em alguma coisa
• Faz tchauzinho
• Bate objetos um contra o outro
Oito meses• Diz "papá" e "mamá/ã" para os pais (sem especificar)
• Começa a engatinhar
• Transfere objetos de uma mão para a outra
• Fica de pé segurando em alguma coisa
• Engatinha bem
• Aponta para objetos
• Levanta sozinha e "anda" segurando nos móveis 
• Pega coisas pequenas com o movimento de pinça, entre o polegar e outro dedo
• Mostra o que quer com gestos
Nove meses• Combina sílabasem sons que parecem palavras
• Fica de pé segurando em alguma coisa
• Usa o movimento de pinça para pegar coisas pequenas
• Anda pela casa apoiada nos móveis
• Bate objetos um contra o outro
• Participa de brincadeiras com gestos
• Diz "papá" e "mamá/ã" para a pessoa certa (pai e mãe)
Dez meses• Dá tchau com a mão
• Pega coisas com o movimento de pinça
• Engatinha bem
• Anda segurando nos móveis
• Diz "papá" e "mamá/ã" para a pessoa certa (pai e mãe)
• Responde ao nome e entende o "não"
• Mostra o que quer com gestos
• Bebe líquidos no copo
• Fica em pé sozinha por alguns segundos
• Coloca objetos dentro de um recipiente
Onze meses• Diz "papá" e "mamá/ã" para a pessoa certa (pai e mãe)
• Participa de brincadeiras com gestos
• Fica de pé sozinha por alguns segundos
• Imita as ações dos outros
• Coloca objetos dentro de um recipiente
• Entendeinstruções simples
• Bebe líquidos no copinho
• Diz uma palavra além de "mamá/ã" e "papá"
• Quando em pé, consegue se inclinar
Doze meses• Imita as ações dos outros
• Diz sons parecidos com palavras
• Mostra com gestos o que quer
• Diz uma palavra além de "mamá/ã" e "papá"
• Dá alguns passinhos
• Entende e cumpre instruções simples
• Rabisca com giz de cera ou lápis
• Anda bem
• Diz duas palavras além de "mamá/ã" e "papá"



Veja a tabela anterior: De 1 a 6 meses 

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Tabela dos marcos de desenvolvimento do bebê: 1 a 6 meses

Tabela dos marcos do desenvolvimento: 1 a 6 meses

O que esperar do seu bebê nessa fase?

Idade da criançaHabilidades desenvolvidas
(a maioria das crianças já faz)
Habilidades em desenvolvimento
(metade das crianças faz)
Habilidades avançadas
(algumas crianças conseguem fazer)
Um mês• Levanta a cabeça
• Reage a sons
• Olha fixo para rostos
• Segue objetos com o olhar
• Emite sons de vogal ("a", "u")
• Enxerga desenhos em branco e preto
• Sorri
• Dá gargalhada
• Levanta a cabeça num ângulo de 45 graus
Dois meses• Vocaliza sons como "agu" e "arru"
• Segue objetos com o olhar
• Mantém a cabeça erguida por curtos períodos
• Sorri, dá gargalhadas
• Levanta a cabeça num ângulo de 45 graus
• Movimentos ficam menos bruscos
• Segura a cabeça com firmeza
• Apóia peso nas pernas
• Pode levantar a cabeça e os ombros (miniflexão de braços)
Três meses• Dá gargalhadas
• Segura a cabeça com firmeza
• Reconhece seu rosto e seu cheiro
• Dá gritinhos, faz "agu" e "arru"
• Reconhece sua voz
• Faz miniflexões de braço
• Vira a cabeça na direção de barulhos altos
• Junta as mãos e bate a mão nos brinquedos
• Consegue se virar deitada
Quatro meses• Segura a cabeça com firmeza
• Consegue apoiar o peso nas pernas
• Responde com sons quando você fala com ela
• Consegue segurar um brinquedo
• Estica o braço para pegar objetos
• Consegue se virar deitada
• Imita sons da fala -- "baba", "dada"
• Pode aparecer o primeiro dente
Cinco meses• Conseguedistinguir cores primárias
• Consegue se virar deitada
• Consegue se distrair com as mãos e os pés
• Vira na direção debarulhos novos
• Reconhece o próprio nome
• Fica um pouquinho sentada sem apoio
• Põe objetos na boca
• Pode surgir o medo de estranhos
• Pode estar pronta para comer alimentos sólidos
Seis meses• Vira na direção de sons e vozes
• Imita sons, faz bolinhas de cuspe
• Rola nas duas direções quando deitada
• Estica o braço para pegar objetos e os põe na boca
• Senta sem apoio
• Está pronta para alimentos sólidos
• Pode se arrastar para a frente ou começar a engatinhar
• Pode "conversar" ou combinar sílabas
• Pode puxar objetos em sua direção

Fonte: Baby Center

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Produtos testados: termômetro G-Tech




Ganhei esse termômetro da G-Tech quando o Bernardo nasceu. Graças a Deus nunca precisei usar nele, mas confesso que eu já usei em mim... hehe
Achei bem legal. É divertido, fácil de usar e ainda é muito confortável, pois a ponta é flexível.
Aqui em São José dos Campos (SP) tem pra comprar em qualquer drogaria. 

Prós: bonito, fácil manuseio e confortável
Contras: nenhum
Preço: R$9,99